Criado radar portátil para detectar vítimas soterradas

imagesCA9IHKPO

Protótipo desta tecnologia, denominada Finder (acrônimo de “Finding Individuals for Disaster and Emergency Response” ou Encontrar Indivíduos em Resposta a Desastres e Emergências) é capaz de localizar pessoas debaixo de até nove metros de escombros ou atrás de seis metros de cimento

A Nasa (agência espacial americana) e o Departamento de Segurança Interior americano anunciaram nesta quarta-feira (25/9) ter desenvolvido um radar portátil capaz de detectar os movimentos cardíacos e a respiração de vítimas de um sismo ou um tornado soterradas sob escombros.

O protótipo desta tecnologia, denominada Finder (acrônimo de “Finding Individuals for Disaster and Emergency Response” ou Encontrar Indivíduos em Resposta a Desastres e Emergências) é capaz de localizar pessoas debaixo de até nove metros de escombros ou atrás de seis metros de cimento, a uma distância de até 30 metros.

Esta tecnologia se baseia em um sistema de radar desenvolvido pelo laboratório de Propulsão a Jato da Nasa para rastrear a posição dos aparelhos espaciais, informou a agência em um comunicado. “Finder está usando tecnologia da Nasa para explorar outros planetas para ajudar a salvar vidas humanas na Terra”, destacou Mason Peck, responsável por esta tecnologia na Nasa.

“Este radar tem o potencial de detectar rapidamente a presença de vítimas com vida e pode permitir às equipes de resgate deslocar com maior precisão seus recursos limitados”, disse John Price, do Departamento de Segurança Interior.

Esta tecnologia consiste em emitir sinais de micro-ondas sobre os escombros e analisar as características dos sinais que retornam. Esta mesma técnica é utilizada pela Nasa nas pesquisas espaciais, assim como para rastrear a sonda Cassini, na órbita ao redor de Saturno, em uma tentativa de desvendar os segredos de seus anéis.

“Detectar os movimentos do coração ou os movimentos respiratórios das vítimas de catástrofes à distância se apoia no mesmo sistema usado para detectar pequenas mudanças de movimento de aparelhos como Cassini em sua órbita ao redor de Saturno”, afirmou James Lux, um dos encarregados do sistema Finder.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s