Invenção promete gelar a cerveja em apenas 60 segundos

spin-chill-kickstarter-quick-drink-cooler-4

Você só vai precisar de gela para deixar a sua cerveja gelada

Dois engenheiros da Flórida, Ty Parket e Trevoer Abbott, resolveram acabar com um problema que estraga festas ao redor do mundo: a cerveja quente. Eles desenvolveram o Spin Chill, um dispositivo que gela a bebida 20 vezes mais rápido do que os métodos tradicionais.

A ideia surgiu a partir do truque de girar a cerveja no gelo para deixá-la gelada e desenvolveram um dispositivo que conecta a lata de cerveja com uma furadeira.

Como nem sempre as pessoas tem uma furadeira à disposição, a dupla também inventou o Beer Roulette, que é totalmente portátil.

Os desenvolvedores ainda garantem que a cerveja não vai espirrar ou soltar muita espuma quando aberta.

O produto foi colocado em financiamento coletivo para ser produzido em série e ultrapassou a meta dos US$ 10 mil dólares, arrecadando US$ 40 mil.

Vídeo:

Via Hypeness.

Obesidade causa danos ao cérebro

obeso-640

Estudo revela que comer demais provoca inflamação cerebral – e pode deixar a pessoa neurologicamente incapaz de controlar seu apetite

Todo mundo conhece os riscos trazidos pela obesidade – diabetes, doenças cardiovasculares, menor expectativa de vida. Mas uma nova descoberta está surpreendendo a comunidade científica: a gordura também causa danos ao cérebro. Pesquisadores da Universidade de Nova York estudaram o cérebro de 63 pessoas – 44 delas tinham sobrepeso ou obesidade e as demais eram magras. A experiência constatou que, nos indivíduos obesos ou acima do peso, o cérebro apresentava duas alterações importantes: tinha níveis mais altos de fibrinogênio, uma proteína que causa inflamação, e menor córtex orbitofrontal – região cerebral que coordena a tomada de decisões. Os cientistas ainda não sabem explicar exatamente como esse processo se desenrola. Mas apostam no seguinte: obesidade gera fibrinogênio, que gera inflamação, que gera danos ao córtex. E tudo isso gera consequências permanentes – e terríveis. “Essa inflamação, ao afetar a integridade do córtex orbitofrontal, pode reduzir o controle da pessoa sobre seus hábitos alimentares”, afirma o estudo, coordenado pelo psiquiatra Antonio Convit. Ou seja: indivíduos acima do peso poderiam se tornar neurologicamente incapazes de comer menos. Escravos do próprio apetite.

E com dificuldade para se lembrar das coisas. Uma pesquisa recém-publicada nos EUA constatou que a obesidade afeta a capacidade de memorização. A diferença é que, nesse caso, a sequela não é permanente (perder peso reverte o efeito).

Que tal construir seu próprio celular por R$ 400?

32228399028112710-t640

Modelo “faça você mesmo” pode ser de madeira ou impresso em 3D e tem várias funções

Nem todas as pessoas que precisam de um celular querem necessariamente o aparelho mais avançado do mercado, com touchscreen, processador potente e tantas funções que nem parece que o dispositivo também faz ligações. David Mellis parece ser uma dessas pessoas: o novo projeto de um dos idealizadores das placas Arduino é um aparelho extremamente simples que funciona de verdade e pode ser feito em casa.

O DIY Cellphone (a sigla significa do it yourself, ou “faça você mesmo”, em português) é um projeto que permite a qualquer um montar um celular personalizado. Apesar da aparência, ele é capaz de fazer bastante coisa, como enviar e receber chamadas ou mensagens e armazenar números telefônicos e nomes de pessoas, além de mostrar as horas.

Com a sua cara

São dois modelos possíveis de serem produzidos: um com uma tela LCD antiga, como celulares Nokia jurássicos, ou o mais rústico, com um painel de caracteres vermelhos que usa apenas uma linha de caracteres numéricos.

Todo o aparelho é baseado no módulo Arduino GSM Shield, que conecta o microcontrolador à internet, mas você precisa comprar também todas as outras peças e ferramentas necessárias. Mellis diz que você não precisa ser um expert em eletrônica, mas os passos não são tão fáceis assim de serem cumpridos.

Ao todo, cerca de R$ 400 são gastos no processo – e a melhor parte é que é possível personalizar totalmente a carcaça do gadget do jeito que você achar melhor, seja com partes de madeira e botões sem identificação ou paineis coloridos impressos em 3D, por exemplo. Confira na galeria abaixo algumas dessas criações e, se quiser, veja o passo a passo completo neste link (em inglês).

Pareidolia fenômeno psicológico que nos faz ver rostos em qualquer lugar! Parte II

rostos_todos_lugares2_02

A pareidolia é uma característica presente em todos nós seres humanos. Ela nos faz reconhecer rostos em qualquer formação de luz, sombra ou objetos que formem traços básicos de uma face humana. Saiba mais sobre esse “fenômeno” e veja algumas imagens que farão você perceber que também carrega um pouquinho de pareidolia.

O ciêntista americano Carl Sagan, que realizou estudo sobre o fenômeno conhecido como pareidolia, afirma que nós, seres humanos, desde o nascimento somos “programados” para identificar facilmente um rosto humano, provavelmente como uma técnica de sobrevivência natural. Isso faz com que as pessoas, apenas com mínimos detalhes, consigam reconhecer rostos a distância e com fraca visibilidade. Claro que isso pode também nos levar a cometer erros e interpretar imagens aleatórias ou padrões de luz e sombra como sendo rostos.

Para que serve e como ocorre a Pareidolia

As vantagens evolutivas da capacidade de discernir com precisão um amigo de um inimigo em uma fração de segundos são numerosas. Por exemplo, homens e mulheres pré-históricos que ao identificar um inimigo como um amigo poderiam sofrer consequências mortais por este erro. Este é apenas um dos inúmeros casos de pressão evolucionária responsável ​​pelo desenvolvimento da capacidade de reconhecimento facial dos humanos modernos.

Um estudo do cérebro feito em 2009 descobriu que os objetos percebidos como rostos ativam uma determinada área do cérebro, que é muito semelhante à ativada quando nós olhamos para um rosto humano, enquanto que outros objetos comuns não mexem com essa área. O estudo também percebeu que a ativação dessas áreas é quase como um reflexo, não passando por uma fase de identificação e processamento da informação recebida.

Esses estudos ajudam a explicar por que ao vermos um círculo com linhas no lugar da boca e dos olhos, rapidamente entendemos aquele desenho como um rosto, como acontece no caso da utilização dos emoticons, tão famosos em chats na internet (pois é, isso está ligado à pareidolia). O mais incrível não é apenas a percepção de um rosto, mas também a captação da emoção que aquele desenho está transmitindo. Com pequenas mudanças nos emoticons, por exemplo, a grande maioria de nós consegue entender a emoção que aquele desenho representa. =( =D

Esta capacidade complexa e sutil é o resultado de eras de seleção natural, que favoreceu os indivíduos com a melhor percepção para identificar, por exemplo, algo ameaçador em outras pessoas, proporcionando uma oportunidade de fugir ou atacar preventivamente. Em outras palavras, o processamento desta informação inconscientemente – antes de ser passado ao resto do cérebro para um processamento detalhado – acelera o julgamento e a tomada de decisões. Um detalhe interessante é que esta capacidade, embora altamente especializada para o processamento e reconhecimento de emoções humanas, também funciona para determinar o comportamento de animais selvagens, o que reforça ainda mais a relação da pareidolia com a própria história da evolução.

Visão animal

Cachorro vê tudo em preto e branco? A visão dos gatos funciona melhor no escuro? O que enxergam os passarinhos? Ah, eu queria ter óculos especiais para saber como esses e outros bichos veem o mundo!

Fabiano Montiani-Ferreira, médico veterinário da Universidade Federal do Paraná, explicou à CHC Online que existem muitas diferenças na estrutura dos olhos dos animais, o que faz com que cada um enxergue de maneira diferente. Cães e gatos, por exemplo, podem ver com uma quantidade de luz sete vezes menor do que a quantidade necessária para nós, humanos, enxergarmos.

O responsável por isso é uma fina camada refletora. Ela faz com que a luz que entra no olho passe duas vezes pela retina – estrutura responsável pela formação das imagens –, o que garante uma visão melhor no escuro. “Em compensação, quando o ambiente está muito iluminado, a visão deles fica prejudicada”, pondera Fabiano.

Para os gatos, isso não é tão ruim. Eles têm as pupilas em formato de fendas, e isso controla a quantidade de luz que chega até o fundo do olho. “Já os humanos e os cachorros não têm essa sorte, porque as pupilas são arredondadas”, aponta o pesquisador.

rostos_todos_lugares2_01

Outra questão muito debatida é a visão supostamente em preto e branco desses animais. Mas – acredite! – cães e gatos veem cores! Eles possuem as mesmas estruturas chamadas fotorreceptores, responsáveis pela visão colorida dos humanos. Só que, enquanto nossos olhos têm pigmentos de três tipos diferentes, o desses animais tem apenas dois e, por isso, as cores não são tão vibrantes para eles. (Saiba mais sobre a visão dos animais na CHC 138.)

Se está ficando difícil imaginar como, afinal, os bichos enxergam o mundo, dê uma olhada na galeria abaixo, que mostra o trabalho do artista Nickolay Lamm. Com a ajuda de um editor de imagens, ele comparou como várias cenas aparecem na visão dos homens e dos gatos. Ainda não tenho meus óculos especiais para ver como bichos, mas pelo menos parte da curiosidade está saciada!

10 razões para beber água com limão pela manhã

limao

Em vez de começar o dia com uma xícara de café, por que não substituí-la com uma bebida morna de água com limão? Abaixo estão os motivos para considerar essa mudança de hábito:

  1. Estimula o sistema imunológico:  Limões são ricos em vitamina C, o que é ótimo para combater resfriados. Eles são ricos em potássio, que estimula o funcionamento do cérebro e dos nervos. Potássio também ajuda a controlar a pressão arterial.
  2. Equilíbra o pH do corpo: Beber água de limão todos os dias contribui para reduzir a acidez total do seu corpo. O limão é um dos alimentos mais alcalinos que existe. Sim, limão tem ácido cítrico, mas não cria a acidez no corpo uma vez metabolizado.
  3. Ajuda com a perda de peso: Limões são ricos em fibras de pectina, que ajuda a combater aos ataques de fome. Também foi mostrado que as pessoas que mantêm uma dieta mais alcalina perdem peso mais rápido.
  4. Ajuda na digestão: O suco de limão ajuda a expulsar materiais indesejados. Ele estimula o fígado a produzir bile que é um ácido que é necessário para a digestão. Digestão eficiente reduz a azia e a prisão de ventre.
  5. É um diurético: Limões contribuem para a eliminação de líquidos pelo corpo, o que ajuda a purificar. As toxinas são, portanto, liberadas em uma taxa mais rápida, o que ajuda a manter o trato urinário saudável.
  6. Limpa a pele: A vitamina C ajuda a diminuir as rugas e manchas. A água com limão elimina toxinas do sangue, que ajuda a manter a pele mais clara. Ela pode inclusive ser aplicada diretamente sobre as cicatrizes para ajudar a reduzir a sua aparência.
  7. Refresca a respiração:  Não só isso, mas pode ajudar a aliviar a dor de dente e gengivite. Mas cuidado, o ácido cítrico pode corroer o esmalte do dente, por isso você deve monitorar isso.
  8. Alivia problemas respiratórios: água morna com limão ajuda a se livrar de infecções pulmonares e deter aquelas tosses incômodas. Acredita-se ser útil também para as pessoas com asma e alergias.
  9. Mantém você zen: A vitamina C é uma das primeiras coisas consumidas quando você submete sua mente e seu corpo ao estresse. Como mencionado anteriormente, os limões são repletos de vitamina C.
  10. Ajuda a largar o vício do café: Depois de tomar um copo de água quente de limão, a maioria das pessoas sente menos necessidade de tomar o café.

Por que tem que ser água morna e não fria? Água fria proporciona um fator de choque ou stress para o corpo. É preciso energia para o seu corpo para processar água fria.

A receita é muito simples – um copo de água morna (não quente) com o suco de metade de um limão

Fonte: Weight Loss Plans – 99diet.com

Estudante de design na Austrália cria o conceito da scooter feita de bambu e movida pelo ar

ecomoto_03

Mas se você acha que o produto jamais vai sair do papel, descubra onde está o seu erro

Uma scooter feita essencialmente com bambu e desenhada para funcionar apenas com a força do ar. Sem usar gasolina. Infelizmente, para nós e para o planeta, esse produto trata-se apenas de um protótipo idealizado por um estudante de design australiano chamado Darby Bicheno.

Ainda assim, há possibilidade do produto deixar as pranchetas e ganhar as ruas. A criação de energia por meio do ar já está em uso e por uma empresa da própria Austrália, a EngineAir. A organização inventou um equipamento que obteve resultados positivos ao ser usados em compartimentos de empilhadeiras.

O uso do bambu também torna o produto do ponto de vista do consumidor e foi usado pois cresce rápido do que outros tipos de madeira. E pode também significar redução de carbono ao substituir o plástico.

O ar tem inspirado alguns negócios que pretendem inovar ao redor do mundo. O caso mais popular atualmente é o guarda-chuva que usa a força do ar para repelir os pingos da chuva.