“Revelado o mistério da cidade que só dormia”

sono

Por que uma aldeia com apenas 582 habitantes despertou nos últimos cinco anos a atenção constante de neurologistas de diversos países? Por que ela frequentou o noticiário internacional ao longo da semana passada? A resposta está no fato de que, nessa aldeia que se chama Kalachi e se localiza no Cazaquistão, as pessoas misteriosamente caíam no mais profundo sono de uma hora para outra e de forma involuntária. A conclusão dos estudos finalmente veio agora: a aldeia é pulverizada com frequência, por meio do vento, com partículas de monóxido de carbono e de hidrocarburetos que emanam de minas de urânio presentes em lugarejo vizinho. “A doença do sono só se manifesta se tais elementos encontrarem baixo aproveitamento de oxigênio no organismo humano. Ocorre, no entanto, que eles próprios diminuem a oxigenação. O sono proveniente disso é praticamente um desmaio”, explicou Sergey Lukashenko, um dos cientistas responsáveis pelo fim do mistério. 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s