Por que um robô jogando pingue-pongue pode ser assustador

hqdefault

O vídeo é amigável e tem como objetivo mostrar como a robótica pode ajudar a humanidade. Mas também dá a dimensao  da encrenca que humanos enfrentariam, caso tamanho poderio tecnológico fosse usado para o mal, apontou reportagem do site Mashable.

Em cena, uma mesa de pingue-pongue e, de um lado, pessoas rebatendo a bolinha. Do outro, um robô que impressiona pelo tamanho.
É que o gigante e complexo robô, criado pela japonesa Omron, pode facilmente levar o espectador a inferir que jogar pingue-pongue é apenas uma – e, nesse caso bem prosaica- possibilidade escancarada pela evolução tecnológica que ele representa.

Entre suas habilidades – que renderam um prêmio de inovação na conferência de tecnologia CEATEC no Japão – estão a previsão exata do movimento bola e da sua velocidade com base em dados sobre posição e movimento do adversário e a capacidade de retorná-la de um jeito mais simples de ser rebatido. O resultado final? Perfeita harmonia homem-máquina. Pelo menos por enquanto.

Veja o vídeo:

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s