Reduzir gordura na dieta é mais eficaz do que reduzir carboidrato, diz estudo

Helvecio

Estudo comparou impacto dos 2 tipos de dieta na perda de gordura corporal.
Resultado derruba mito de que reduzir carboidrato seria mais eficaz.

Apesar da popularidade das dietas que restringem o consumo de carboidratos, como pães e massas, diminuir o consumo de gordura é uma estratégia mais eficaz para reduzir a gordura corporal, segundo conclusão de um estudo financiado pelos Institutos Nacionais de Saúde dos Estados Unidos (NIH) e publicado nesta quinta-feira (13) na revista “Cell Metabolism”.

Os autores dizem ser a informação científica mais precisa já obtida em humanos a comparar os resultados do corte de gordura com o corte de carboidrato na alimentação. Os dados foram obtidos a partir de vários estudos desenvolvidos ao longo dos anos sobre nutrição. A análise desses dados permitiu construir um modelo matemático para mostrar o quanto o consumo de diferentes nutrientes podem afetar a variação de peso de um indivíduo.

O resultado foi que as dietas com pouca gordura levaram a maiores perdas totais de gordura corporal. Para confirmar esse resultado, os pesquisadores confinaram 19 voluntários por dois períodos de duas semanas cada. No primeiro período, eles adotaram uma dieta com redução de carboidrato e, no segundo, uma dieta com redução de gordura.

A conclusão foi a mesma obtida com o modelo matemático: a perda de gordura corporal com a dieta restrita em gordura foi maior em comparação à dieta com restrição de carboidrato.

“Eu queria testar rigorosamente a teoria de que a restrição de carboidrato é particularmente efetiva ara perder gordura corporal, já que esta ideia tem influenciado a decisão de muitas pessoas sobre suas dietas”, diz o médico Kevin Hall, pesquisador especializado em metabolismo e um dos autores do estudo.

“Existe uma linha que acredita que todas as calorias são exatamente iguais quando se trata de perda de gordura corporal e há outra linha que acredita que as calorias do carboidrato são particularmente ‘engordativas’, então cortar essas calorias deveria levar a uma maior perda de gordura corporal”, diz. “Nossos resultados mostraram que, na verdade, nem todas as calorias são iguais quando se trata de perda de gordura corporal, mas em longo prazo, são bem parecidas”

Ele acredita que a melhor dieta é aquela com a qual o indivíduo consegue se comprometer. Seus próximos estudos devem ajudar a entender po que as pessas respondem de maneira tão diferente aos diferentes tipos de dieta.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s