Como seu olfato pode prever quando você vai morrer

olfato-838x558

De acordo com um novo estudo da Universidade de Chicago (EUA), o senso de olfato é um bom preditor de longevidade. As pessoas que têm dificuldade em sentir cheiros têm maiores chances de morrer logo.

Os pesquisadores testaram uma amostra nacionalmente representativa de 3.005 homens e mulheres dos EUA com idades entre 57 e 85 anos em sua capacidade de identificar cinco cheiros: de rosa, de couro, de laranja, de peixe e de hortelã-pimenta.

Eles controlaram os resultados para muitos fatores, tais como idade, sexo, status socioeconômico, tabagismo, consumo de álcool, educação, índice de massa corporal, raça, hipertensão, diabetes, ataque cardíaco, enfisema, acidente vascular cerebral e dieta.

Ainda assim, as pessoas que não puderam detectar os odores eram mais de três vezes mais propensas a morrer dentro de cinco anos do que aqueles que podiam detectá-los bem.

Quanto menor a pontuação no teste de odor, mais provável o participante era de morrer logo. Somente lesão hepática grave foi um melhor preditor de morte do que olfato ruim.

Essa não é a primeira vez que cientistas ligam olfato à longevidade. Um outro estudo descobriu que pessoas com mais dificuldade para identificar cheiros tinham uma probabilidade 36% maior de morrer nos próximos anos

O que uma coisa tem a ver com a outra?

Calma, não sentir cheiros não é uma coisa que mata em si (embora você possa não sentir o cheiro de vazamento de gás, por exemplo, se colocando em uma situação potencialmente mortal). Os pesquisadores na verdade acreditam que o declínio na capacidade de sentir cheiros é um indicador de alguma outra doença ou degeneração relacionada à idade.

A capacidade de sentir odores está associada ao primeiro nervo craniano e é frequentemente uma das primeiras coisas a ser afetada em um declínio cognitivo. Em pacientes com Alzheimer, por exemplo, o sentido do olfato é afetado de uma maneira muito especial: a narina esquerda é muito mais prejudicada do que a direita. Por mais estranho que isso pareça, uma pesquisa até descobriu que um simples teste de cheiro pode mostrar se você tem a condição.

Segundo o autor principal do novo estudo, Dr. Jayant M. Pinto, professor de cirurgia da Universidade de Chicago, a perda de olfato não deve ser ignorada. “Há causas tratáveis de perda olfativa”, disse ele, “por isso, se as pessoas estiverem com problemas, devem passar por avaliações. Esta é uma indicação importante de sua saúde, por isso, você deve consultar um médico”. [NYTimes]

.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s