Você tem dificuldade em reconhecer rostos?

37b520mtok_4x45uipcja_file

Cientistas desenvolveram um questionário que, segundo eles, pode ajudar a diagnosticar uma desordem que faz com que a pessoa tenha dificuldade para reconhecer rostos.

A prosopagnosia, também conhecida como “cegueira para feições”, afeta cerca cinco milhões de pessoas no Brasil, de acordo com estudos. Quem sofre da desordem não consegue reconhecer pessoas pelo seu rosto.

Quando a desordem se manifesta de forma mais grave, o afetado não consegue sequer reconhecer seus parentes ou amigos.

Já as manifestações mais brandas, apesar de causarem problemas, são mais difíceis de serem diagnosticadas – o que torna necessário fazer testes.

Pessoas com “cegueira para feições” costumam usar outras formas de reconhecer as pessoas que não sejam seus rostos, como estilo do cabelo, roupas, voz ou características marcantes.

Alguns podem nem saber que têm a desordem. Em vez disso, pensam que têm apenas “memória ruim para rostos”. Mas a prosopagnosia não tem nenhuma relação com inteligência ou memória em seu sentido amplo.

“Minha maior dificuldade é perceber a diferença entre pessoas com aparência comum, principalmente rostos que não têm nenhum traço marcante”, explica uma portadora da desordem que não quis ser identificada.

Quem sofre da condição costuma usar cabelo, roupas e forma de falar para reconhecer pessoas

“Eu trabalho em um hospital com muitos funcionários e muitas vezes me apresento para colegas com quem já trabalhei várias vezes antes. Também costumo ter problemas para reconhecer minha vizinha de porta, apesar de morarmos lado a lado há oito anos. Ela muda muito as roupas, a cor e o corte do cabelo. Quando tenho dificuldades para reconhecer pessoas, tento usar umas pistas como roupa, cabelo, cicatrizes, óculos, jeito de falar, etc.”

Médicos têm testes feitos em computadores que checam se as pessoas conseguem reconhecer rostos famosos e de pessoas que não conhecem.

E agora os pesquisadores Richard Cook, Punit Shah e as universidades City University London e King’s College London criaram um questionários de 20 perguntas para ajudar a medir a gravidade da “cegueira para feições”.

Cada pergunta vale 5 pontos e a pontuação máxima do teste é de 100 pontos. O teste serve apenas de guia e não pode dizer de forma segura se você tem a desordem.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s