Microfone inteligente dispara alarme ao detectar sons de tiros e arrombamento

audioalerta-externo

Desenvolvido por uma empresa pernambucana, equipamento será instalado no Rio antes das Olimpíadas

A  região do Porto Maravilha, no centro do Rio de Janeiro, contará com um equipamento de segurança inusitado dentro de alguns meses: um microfone inteligente, idealizado por uma empresa pernambucana voltada ao ensino de música. O Áudio Alerta consegue identificar sons relacionados a situações perigosas (como tiros e explosões) e, a partir disso, emitir alarmes e direcionar câmeras de vídeo para o local de onde vem o barulho. O aparelho está entre os cinco vencedores do Desafio Cisco de Inovação Urbana, competição voltada a startups brasileiras com foco no desenvolvimento de aplicações para internet das coisas (integração e interação entre objetos físicos). Patrocinadora dos Jogos Olímpicos do Rio, a Cisco deve implementar os projetos premiados na zona portuária, como parte do legado para a cidade.

Recife e Fortaleza já contam com algumas unidades do Áudio Alerta, que serve tanto para o monitoramento de áreas externas como de ambientes internos. No primeiro caso, o aparelho precisa ser colocado a 6m de altura e pode cobrir um raio de aproximadamente 150 metros. A segunda versão do equipamento, voltada a estabelecimentos comerciais e agências bancárias, pode ser colocada a 2m de altura. O sistema é capaz de ser programado para ignorar os sons característicos da região (como trânsito, barulho de obra etc.) e só disparar o alarme quando algum ruído fugir do padrão, acionando ou a polícia ou serviços privados de segurança, conforme for predeterminado.

O som ao redor

O projeto nasceu dentro da Escribo, que há anos se dedica à criação de softwares para o ensino de música. Em 2002, por exemplo, a empresa lançou um afinador eletrônico, que avaliava o som emitido pelo instrumento e, em seguida, orientava os ajustes necessários. Em 2006, foi a vez do iChords – um software capaz de processar qualquer música e, imediatamente, converter a melodia em cifra. A partir dessas iniciativas, surgiu a ideia: por que não utilizar toda essa expertise em processamento de sons para criar um novo serviço na área de segurança? Em 2009, a equipe começou a desenvolver o novo microfone – que acaba de levar à criação de uma startup.

Uma das partes mais complexas do trabalho, segundo Américo Amorim, presidente da Escribo, foi montar um banco de dados com os sons que seriam analisados, entre eles: quebra de vidro, arrombamento, furadeira, maçarico, colisões, explosões e tiros. Para esta última categoria, por exemplo, eles precisaram gravar disparos de vários tipos de arma. Resultado: o sistema consegue indicar, pelo som, até o calibre do artefato utilizado. Segundo Ivo Frazão, que está à frente do Áudio Alerta, o sistema tem um índice de acerto que varia de 85% a 95%. “Fora do Brasil, existem algumas empresas que oferecem um serviço parecido, mas elas não identificam a mesma diversidade de som”, afirma. Outro diferencial da versão brasileira é a capacidade de associar o sistema a câmeras de vídeo, que podem ser direcionadas para o local de onde veio um som de vidro quebrado, por exemplo.

O modelo para áreas externas custa, em média, R$ 28 mil, enquanto a versão para ambientes internos sai por R$ 3.850. Frazão destaca, porém, que cada projeto é orçado individualmente, a partir das características do local e da quantidade de sensores adquiridos. O Porto Maravilha, no Rio, promete ser uma bela vitrine para o novo negócio. A região é foco de um programa intenso de reurbanização, que inclui desde a reconstrução da rede de água e esgoto e reparo da iluminação até a instalação de novos marcos turísticos, como a Praça Mauá e o Museu do Amanhã, inaugurado no dia 18 de dezembro. O projeto abrange uma área de 5 milhões de m² e uma de suas principais metas é fazer desta zona uma referência para a cidade.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s