Aperfeiçoando a arte de ser viajante

artigo_95522

É estranho, mas eu descobri que tenho um senso de direção melhor do que o de muitas pessoas – quando eu viajo, não leva muito tempo até que eu descubra onde estão as coisas e logo estou andando pela cidade como se fosse um nativo. Mas eu também descobri que muitas outras pessoas não têm esse bom senso de direção, e isso pode dificultar as coisas quando essas pessoas viajam para um lugar novo.

Eu costumava pensar que talvez fosse algo que ou você nasce com isso ou não, mas agora eu tenho a convicção de que é um conjunto de habilidades que você pode aprender. Para mim, isso sempre pareceu instintivo, até que um amigo me perguntou o que eu fazia quando chegava a um lugar novo. Desde então, analisei muitas coisas que eu faço e decidi dividir essa habilidade em uma série de etapas.

Eu espero que isso ajude aqueles que se sentem perdidos.

Aqui está o que eu recomendo para toda vez que você chegar a uma nova cidade ou lugar que você não conhece bem:

Primeiro, olhe para um mapa por alguns minutos. Eu abro o Google Maps e olho para a cidade e seus principais pontos e características. Tem um rio, lago, porto ou litoral? Há um parque central grande ou vários parques centrais? Onde fica o centro? Quais são os principais bairros? Principais avenidas? Prédios famosos, tipo a Opera House de Sidney? O que fica a norte e o que fica a sul?

Ande bastante. Logo quando chego a uma cidade, gosto de andar muito por ela. Esta é a melhor maneira de conhecer uma cidade, explorar e começar a desenvolver um senso de onde ficam as coisas e como a cidade se parece. Mas continue lendo para entender como você precisa andar – não fique apenas andando sem objetivo.

Oriente-se a partir de um ponto. Eu gosto de encontrar um prédio, montanha, morro ou ponte principal que eu possa manter à vista enquanto caminho. Dessa forma, quando me virar à esquerda posso dizer: “Ah, o Empire State Building agora está ali”. Isso me ajuda a ter um ponto de referência, então eu sempre sei onde estou em relação àquele ponto. Algumas vezes tenho dois ou mais pontos de referência.

Crie um mapa mental. Esse é o segredo. Quando você olha para um mapa por alguns minutos e depois dá uma caminhada, você cria um mapa mental da cidade. No começo, ele é muito vago, mas, ao andar, você expande o mapa. Veja como as ruas estão alinhadas na realidade em comparação a como você pensava que elas estavam depois que olhou o mapa pela primeira vez.

Olha bastante para o mapa no começo, mas não dependa completamente dele. Enquanto forma seu mapa mental, tenha o hábito de olhar o mapa físico que você tiver em mãos, ou o mapa do seu celular, para que complete seu mapa mental… mas depois deixe o mapa de lado e ande sem ele. Então olhe novamente para o mapa depois de um tempo para preencher seu mapa um pouco mais. É um processo de aprender o mapa ao olhar para ele de vez em quando, mas não depender dele. Se você acompanhar o mapa o tempo todo, não confiará nem no seu próprio mapa mental.

Mantenha sua orientação enquanto anda. Quando você anda até um destino, ou até explora sem um destino, é fácil de se esquecer onde você está ou em que direção está indo. Isso não é útil. Em vez disso, se você virar à esquerda, pense: “Ah, estou indo à oeste”. E então pense onde está seu ponto de referência em relação a onde você está. Por exemplo, se eu começar indo em direção à Torre Eiffel, mas daí virar a esquerda, isso significa que a Torre Eiffel está a minha direita. Seu mapa mental deve girar um pouco também para que você agora esteja em direção sul em vez de oeste (por exemplo). Dessa forma, você deverá sempre saber qual o caminho para casa (para seu apartamento ou hotel).

Não simplesmente siga alguém ou confie em táxis – descubra você mesmo. Um dos maiores erros que muitas pessoas cometem é seguir seu parceiro, guias ou deixar taxis os levarem aos lugares. Você nunca descobrirá onde ficam as coisas. Em vez disso, descubra como chegar aos lugares por si. Sim, você cometerá erros, mas uma hora você chegará lá. Perca-se, então olhe o mapa e descubra como chegar aonde você quer ir. É a única forma.

Trabalhe continuamente em seu mapa mental e teste-o. Enquanto você anda, continue atualizando seu mapa mental. Olhe para o mapa novamente, feche-o, e teste o quão bem você conhece a cidade. É um processo constante.

Fique atento aos nomes das ruas. Eu gosto de olhar para os nomes das ruas enquanto ando. Daí eu olho para os mesmos nomes de ruas no mapa. Chegará o momento em que eu saberei quais ruas vão para leste e oeste, e quais vão para norte e sul, e em que ordem estão.

Identifique as principais ruas no seu mapa mental. Todo bairro tem suas ruas principais, com lojas e restaurantes, coisas do tipo. Descubra onde estão localizados e os coloque notoriamente em seu mapa mental. Você deverá chegar ao ponto em que vai conseguir apontar para a direção dessas ruas principais e até saber, de forma geral, quantas quadras de distância. O mesmo acontece com os parques principais, mercados e fontes hídricas como rios. E estações de metrô.

Isso pode parecer muito, mas depois de um tempo, isso tudo se torna uma segunda natureza. Navegue. Use, mas não dependa de um mapa. Ande muito, mas saiba onde você está quando anda. Forme um mapa mental e o melhore cada vez mais enquanto anda.

Eu descobri que as pessoas podem desenvolver isso com a prática, e isso também é algo que você ensina aos seus filhos quando você viaja. Deixe-os navegar até mesmo se demorar um pouco mais – é uma ótima habilidade para se aprender. Se você tem um parceiro, faça rodadas de navegação para que uma pessoa não tenha um senso de direção subdesenvolvido.

Em minha experiência, essa é uma habilidade fundamental para viajar, e torna cada viagem mais divertida quando você realmente compreende uma cidade e começa a entender como um nativo entende. Boa exploração, meus amigos.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s