Veja como seria humano capaz de sobreviver a acidentes de trânsito

graham_3

Graham foi criado em campanha de prevenção de acidentes na Austrália.
Além de cabeça grande, ele tem mamilos extras e não tem pescoço.

Como seria um ser humano capaz de sobreviver a acidentes de trânsito? Para responder esta pergunta, especialistas australianos criaram o “super-humano” Graham que faz parte de uma campanha de prevenção de acidentes.

 

Segundo médicos e especialistas, os carros evoluíram muito mais rápido que o corpo humano, que não está adaptado a desacelerações e choques decorrentes de uma batida.

Cabeça grande, peito inflado, mais mamilos e ausência de pescoço estão entre alguns dos atributos que poderiam fazer uma pessoa resistir melhor aos impactos.

Para chegar a este resultado, a escultora Patrícia Piccinini contou com a ajuda de Christian Kenfield, cirurgião especializado em traumatismo, e David Loga, pesquisador de acidentes de trânsito.

De acordo com a entidade, as pessoas costumam pensar ser invencíveis, porém, impactos a apenas 30 km/h podem ser fatais para os humanos. O objetivo do projeto é mostrar como o corpo do ser humano é vulnerável e que existem sistemas de segurança que podem nos salvar no trânsito.

Cabeção e sem pescoço
Além de uma cabeça maior e mais resistente, Graham não tem pescoço, que evitaria sua torção em caso de reduções bruscas de velocidades.

Uma das partes mais vulneráveis do corpo, o cérebro estaria envolto em mais fluido cerebrospinal para absorver impactos.

Os olhos são profundos, assim como as orelhas e o nariz, quase inexistentes, para evitar lesões ao bater com o rosto no volante.

O peito inflado e os mamilos extras funcionariam como uma forma de absorver a energia da colisão. O “super-humano” também possui pernas reforçadas e o calcanhar mais para cima.

Os materiais utilizados para construir o modelo foram resina, fibra de vidro, silicone e cabelo humano. Como parte das ações educativas, Graham será exposto em diversos locais da Austrália.

Vídeo

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s