Dispositivo cerebral faz macacos paraplégicos voltarem a andar

1-macacos-utilizados-na-pesquisa-tinham-apenas-uma-perna-paralisada-credito-epfl

Estudo da revista ‘Nature’ abre perspectivas para novos tratamentos que ajudem pessoas com lesões na medula a restaurar os movimentos

Um macaco com uma lesão parcial na medula, que impedia o movimento da perna direita, voltou a andar com o apoio de um implante cerebral, em apenas uma semana. O estudo, publicado nesta quarta-feira na revista Nature, é o primeiro a mostrar que os movimentos de primatas paralisados podem ser restaurados por meio dessa tecnologia cérebro-máquina. De acordo com a equipe de cientistas da Escola Politécnica Federal de Lausanne (EPFF, na sigla em francês), na Suíça, que realizou a pesquisa, os resultados oferecem perspectivas promissoras para o tratamento de paralisia em seres humanos.

“Pela primeira vez, posso imaginar um paciente completamente paralisado capaz de mover suas pernas através dessa interface cérebro-coluna”, disse Jocelyne Bloch, neurocirurgiã do Hospital Universitário de Lausanne e uma das autoras do estudo, em um comunicado da EPFL.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s