As empresas que transformam fezes humanas em lucro

176598-que-tal-se-sentar-em-um-trono-de-ouro-orig-2

Fezes não são algo de que a maioria das pessoas goste de falar. Ainda assim, é algo que todos produzimos em grande quantidade.

Cada pessoa gera cerca de 135 a 180 litros de esgoto por dia – uma estimativa que inclui a água descartada em nossos banheiros, pias e máquinas de lavar, além de fezes e urina.

Tratar e lidar com esses dejetos é um negócio caro, que demanda tempo. Mas em vez de ver excrementos humanos como algo de devemos nos livrar, algumas empresas estão conseguindo transformá-los em algo útil – e até lucrativo.

A Northumbrian Water é uma empresa que passou a ser reconhecida como especialista no uso do que eles chamam de o “energia do cocô”: uso de dejetos humanos para geração de gás e eletricidade.

A companhia foi a primeira no Reino Unido a utilizar todos os seus descartes – o lodo gerado pelo tratamento do esgoto – para produzir energia renovável.

A energia é gerada a partir de um processo chamado digestão anaeróbia, que captura o metano e o dióxido de carbono liberados por bactérias, “digerindo” o esgoto. Os gases são utilizados para impulsionar motores que geram eletricidade. Parte também é utilizada diretamente na rede.

Segundo Richard Murray, chefe da divisão de tratamento de água na empresa, a reciclagem não era prioridade na mentalidade dos anos 90. “Nós só queríamos que o esgoto desaparecesse.”

Foi uma reunião ocorrida por acaso em 1996 com uma companhia norueguesa que estava convertendo seus dejetos em energia que despertou a mudança de mentalidade da Northumbrian.

O ponto crucial foi que o processo significava transformar o esgoto “de um custo a algo que nos trouxesse um pouco de renda”, diz Murray.

“Isso mudou toda a nossa visão sobre dejetos.”

A empresa tem duas plantas de biogás, que juntas reduziam a conta anual de energia da companhia em cerca de 20%. No total, Murray estima uma economia de 15 milhões de libras (R$ 64 milhões) por ano.

Diversas concorrentes no Reino Unido, como a Severn Trent e a Wessex Water, estão adotando medidas semelhantes às da Northumbrian. A produção de biogás também é comum em países como China, Suécia e Alemanha.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s