Impressionante roupa de mergulho “invisível” repele tubarões e outros peixes

roupa-de-mergulho-invisivel-para-os-peixes-e-tubaroes-962x500

Ao nadar em mar aberto, cada movimento humano envia sinais invisíveis para peixes e outras criaturas marinhas.

Atraídos pela nossa presença, esses tubarões, lagostas, arraias, enguias, peixes em geral e até mesmo alguns golfinhos, se aproximam por meio da detecção de sinais musculares mínimos, como a simples batida de um coração ou atividade cerebral.

 

No entanto, um novo traje de mergulho pode permitir que os mergulhadores deslizem pela água sem serem detectados. A roupa impede que esses sinais sejam emitidos, agindo como uma espécie de submarino com uma “capa da invisibilidade”. Logo, e a partir do conceito da gaiola de Faraday, ela permite que os mergulhadores cheguem perto de grandes predadores, como tubarões, que muitas das vezes usam essa habilidade para detectar a presença de pessoas.

 

O artefato foi testado pelo biólogo marinho Ricky Elliott, durante uma viagem de pesquisa no Havaí, revelando uma série de fotografias impressionantes em que estava bem próximo a uma grande variedade de animais.

 

A batida de um coração ou contração de um músculo envia um sinal elétrico espontâneo, assim os animais conseguem detectar esses movimentos através de uma habilidade biológica chamada eletrorrepcção (ou eletropercepção). Logo, o traje chamado de Stealth Wetsuit, inventado pela empresa de tecnologia HECS Aquatic, com sede na Nova Zelândia, bloqueia esses sinais e permite a aproximação cautelosa das pessoas aos animais.

O princípio de funcionamento do traje baseia-se no conceito de uma gaiola de Faraday, inventada pelo cientista Michael Faraday em 1836. Ele descobriu os princípios por trás da blindagem eletromagnética pelo fato de que, uma superfície de material condutor eletrizada tem um campo elétrico nulo, mesmo em um campo elétrico externo. Logo, uma gaiola de Faraday impede a radiação eletromagnética de penetrar o seu exterior, protegendo o que está dentro de pulsos estáticos, eletromagnéticos, ondas de rádio e outros.

 

Assim a HECS Aquatic construiu uma rede de fibra de carbono condutora que atenua os campos elétricos dentro da roupa de mergulho. De acordo com o site oficial da empresa, o traje “é feito com uma malha de fibra de carbono condutora projetado para reduzir o seu campo de energia elétrica”.

 

O Stealth Wetsuit estará disponível a partir de 399 dólares (R$ 1.300 na cotação atual) em países da Europa, bem como Austrália, Nova Zelândia, Estados Unidos, Canadá e México.

 

Vídeo

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s